Investimentos de empresas implantadas na Bahia
crescem 84%

Os empreendimentos, incentivados pela SDE, aportaram R$ 1,2 bilhão em 2020

PANORAMA
IBGE
INDÚSTRIA
CONJUNTURA
bootstrap website templates

O volume de investimentos de empresas implantadas na Bahia, nos dois primeiros meses de 2020, cresceu 84,8% em relação ao mesmo período do ano passado. Os empreendimentos, com protocolos assinados com o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE), injetaram R$ 1,2 bilhão, enquanto no mesmo período de 2019, o volume foi de R$ 686,6 milhões. As informações constam no Informe de Desenvolvimento Econômico, divulgado na sexta-feira, 13 de março.

“A Equatorial Transmissora 2 SPE foi responsável pela maior fatia do investimento, R$ 516 milhões, beneficiando o escoamento de energia elétrica no Estado. As linhas de transmissão foram instaladas nos municípios de Barreiras, Riachão das Neves, Angical, Santa Rita de Cássia, Mansidão e Buritirama”.

Vice-governador João Leão

SECRETÁRIO DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO


De acordo com a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), essa linha de transmissão é solução estrutural para expansão da Rede Básica da Área Leste, do Nordeste, para o escoamento do potencial eólico dessa região.

Futuros empreendimentos

Até 2022 cerca de 60% dos investimentos devem entrar em operação 

PROTOCOLOS

A previsão de investimentos dos protocolos de intenções assinados também subiu. Enquanto no mesmo período do ano passado foram firmados R$ 174,5 milhões em investimentos, este ano já foram assinados R$ 633,7 milhões, com previsão de geração de 740 novos postos de trabalho na Bahia.

ENERGIA RENOVÁVEL

A Atlas Renewable Energy será responsável por 80% deste valor, a ser aplicado na construção da Central Fotovoltaica Juazeiro Solar, em Juazeiro.

IMPLANTAÇÃO

A Bahia tem 365 empreendimentos em processo de implantação, com aporte de R$ 35 bilhões e oferta potencial de 49,4 mil postos de trabalho. 60% dos investimentos estão previstos para entrarem em operação até 2022. O segmento de Energias Renováveis vai investir R$ 14,6 bilhões e gerar 4,2 mil empregos.

Mobirise

Indústria baiana

Dados do IBGE apontam recuperação na produção industrial

O desempenho positivo da produção industrial baiana, de dezembro para janeiro deste ano, com crescimento de 10,3%, divulgado pelo IBGE na quinta-feira (12), indica um caminho de recuperação, segundo a SDE. 

O resultado positivo do setor da indústria na Bahia, em janeiro, teve como influências a fabricação de produtos derivados do petróleo e de biocombustíveis (40,7%), celulose, papel e produtos de papel (31,6%), fabricação de veículos automotores (8,6%) e bebidas (5,2%), de acordo com o IBGE.

No ano passado, segundo a SDE, a indústria baiana teve destaque na geração de empregos, com oferta de 23 mil novos postos de trabalho. Para 2020, o Informe Executivo de Indústria, divulgado em janeiro pela Secretaria, prevê a geração de 12,8 mil empregos e um aporte de R$ 6,5 bilhões em investimentos privados, com os 153 empreendimentos do segmento industrial, incentivados pelo Governo do Estado, em implantação.

Ascom SDE - 3115-7969  |  13 de março de 2020