SDE assina protocolos para implantação de moinho de trigo e central hidrelétrica

Foram assinados, nesta terça-feira (16), na Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE) protocolos de intenções com o objetivo de viabilizar a implantação de um moinho de trigo e no município de Luís Eduardo Magalhães e uma pequena central hidrelétrica na cidade de São Desidério, ambas na região Oeste da Bahia.

A Moinho de Trigo Mercosul Eireli pretende investir R$ 62 milhões de reais para o início de sua operação, gerando 47 empregos diretos e 100 indiretos, e atingir uma capacidade de produção de 93.600 toneladas/ano. Já a Geração de Energia Santa Luzia, planeja investir R$ 90 milhões de reais para a implantação de uma unidade destinada a geração de energia elétrica, para gerar 17 MWh/ano.

“São dois importantes projetos para o nosso interior do estado, um para gerar energia elétrica no Oeste, que atualmente é um gargalo para um maior desenvolvimento da região e a outra para agregar valor à toda a cadeia do trigo, gerando 147 postos de trabalho na cidade”, afirmou o secretário de Desenvolvimento Econômico, Nelson Leal.

Nos protocolos assinados com a SDE, as empresas se comprometem a promover o treinamento e a capacitação de mão de obra especializada, prioritariamente local, a ser aproveitada no processo fabril.