Seis municípios baianos serão beneficiados com mais de 1,3 mil empregos

Investimentos previstos em R$ 216,2 milhões e geração de 1,3 mil novos postos de trabalho foram anunciados durante a assinatura de protocolos na Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE), nesta quinta-feira (27). Seis municípios baianos (Jequié, Itaberaba, Camaçari, Serrinha, Amélia Rodrigues e Juazeiro) serão beneficiados com a implantação e ampliação de oito unidades industriais. Assim, serão promovidos 911 empregos diretos e mais 401 indiretos.

“Todos esses protocolos, que nós estamos assinando hoje foi fruto do trabalho do vice-governador João Leão. Tenham certeza, continuaremos trabalhando dia e noite, para transformar a matriz econômica da Bahia, pois precisamos interiorizar a industrialização, levar investimentos, empregos e melhorar a renda das pessoas que moram, sobretudo, nas cidades mais distantes”, destaca o secretário Nelson Leal.

Em processo de implantação, a empresa Mistura deve instalar, no município baiano de Jequié, empreendimento voltado à distribuição de produtos diversos, com investimentos estimados em R$ 1,8 milhão e pretensão de gerar 16 novos empregos diretos. Em Serrinha, a Explog Comércio e Logística em Explosivos deve investir R$ 4 milhões na instalação de sua unidade e pretende promover a geração de 180 empregos. Já a 2JBS Bahia implantará, em Amélia Rodrigues, uma indústria destinada à fabricação de fogão, cooktop, ventilador, liquidificador , sanduicheira e microondas, com investimentos de até R$ 80  milhões. A empresa preve a geração de 450 empregos diretos e mais 200 empregos indiretos.

“Primeiro gostaria de agradecer ao Estado da Bahia pelo suporte. É uma empresa que chega para atender o estado da Bahia e também o nordeste, vai gerar 450 empregos diretos e 200 indiretos, previsão de faturamento de R$ 400 milhões, e que vem forte para atender essa demanda do nordeste no segmento de eletrodomésticos”, ressalta Daniel Costa, representante da 2 JBS Bahia Indústria de Eletrodoméstico.

A Rudolf Industrial investirá R$ 1,2 milhão para instalar uma fábrica, em Camaçari, que produzirá cabos postensados para torres eólicas e insertos metálicos para torres eólicas. A previsão é de que sejam criados 180 empregos diretos. Já Jequié será beneficiada com a implantação da Vida Comércio e Industrialização de Alimentos, que é voltada para a produção de trigo para kibe, rações para pássaro, arroz , flocão de milho, creme de milho, fubá de milho, canjica amarela, milho de pipoca, chocolate em pó, sal,  açúcar em sachê, aveias e derivados, açúcares, feijões. A empresa deve investir até R$ 26 milhões e gerar 45 novos postos de trabalho.

Em processo de ampliação, a Ceramus Bahia deve investir R$ 87 milhões para ampliar e modernizar a sua unidade em Camaçari. A empresa é para fabricação de revestimentos cerâmicos e deve gerar 7 novos postos de trabalho. A Imperial Alimentos deve investir R$ 14,5 milhão na ampliação de sua fábrica localizada em Juazeiro e prevê a geração de até 74 empregos diretos. Já a EBL – Empresa Brasileira De Liofilização vai expandir a sua unidade fabril, no município de Itaberaba. A fábrica é destinada à produção de frutas liofilizadas e leite de coco em pó e tem o investimento aprovisionado em R$ 1,5 milhão, com a previsão de criar 42 empregos.