Secretaria de Comunicação Social - BAHIA

topo-area-1085.jpg

Notícias

A- A+
02 março 2019

Grandes investidoras no estado, cervejarias apostam no carnaval baiano

Segmento de bebidas é responsável pela geração de 9 mil empregos, diz SDE

 Muito associada ao verão, os altos investimentos e a diversidade de patrocínios em festas, camarotes e blocos mostram que a cerveja é a bebida predileta do Carnaval baiano. Os investimentos do Grupo Petrópolis e do grupo Heineken na Bahia, porém, não são como amores de verão, eles duram o ano inteiro. E quem pensa que somente cervejarias investem no Estado, engana-se. Nos últimos 10 anos, além de Heineken, Itaipava, Ambev e Proibida, marcas de água de coco Obrigado, mineral Indaiá e o vinho Miolo se instalaram por aqui.  Atualmente, o setor possui 22 empresas implantadas, totalizando R$ 2,1 bilhões em investimentos e gerando 9 mil empregos diretos, conforme dados da Secretaria de Desenvolvimento Econômico do estado (SDE). 

 
 
No carnaval deste ano, o Grupo Petrópolis, que produz as cervejas Itaipava, Crystal e a puro malte Petra Origem, está investindo R$ 8,3 milhões na festa momesca. A empresa investiu recentemente R$ 1,1 bilhão na ampliação de sua fábrica em Alagoinhas e gerou 3,8 mil empregos no estado. “O carnaval da Bahia é conhecido por se manter atrativo, se reinventar sempre, e entregar para o deleite do público um espetáculo bonito de ver, bonito de participar. Não é de agora que fazemos parte de grandes manifestações culturais e tradicionais do país, e o carnaval é uma das mais importantes”, destaca Eliana Cassandre, gerente de Propaganda do Grupo Petrópolis.
 
 
Para o vice-governador e secretário de Desenvolvimento Econômico, João Leão, o setor de bebidas é de grande relevância para a economia e o desenvolvimento da Bahia, além de ser um grande gerador de empregos. “Em contrapartida, a Bahia oferece vantagens ao setor, como a proximidade com o mercado consumidor, disponibilidade de logística para escoamento da produção, cadeia produtiva com grande oferta de matérias-primas e facilidade de transformar e processar produtos”, afirma.
 
 
Já a Heineken, que não divulga o investimento na festa, atua no período com suas principais marcas - Schin e Devassa -, em ações de patrocínio em festas privadas e blocos de Salvador. O grupo realizou uma ampliação em 2018, em sua fábrica, com investimentos na ordem dos R$ 138 milhões e gerou 1,6 mil postos de trabalho, também na região de Alagoinhas.
 
 
“O carnaval é uma plataforma importante para o Grupo Heineken no Brasil. A companhia mapeia e analisa as possibilidades de atuação nesse período, incluindo o pré-carnaval, sempre alinhado à estratégia das marcas, seus consumidores e posicionamento. Este ano, o foco das ações na Bahia é para as marcas Schin e Devassa, contemplando o perfil democrático da festa e a diversidade de consumidores, com investimentos em camarotes, trios elétricos e blocos”, diz Eduardo Baggio Garcia Picarelli, diretor de Patrocínios e portfólio Mainstream do Grupo.
 
 
Outros destaques
 
 
Os protocolos de intenções do setor de bebidas assinados com a SDE, em 2017 e 2018, totalizaram R$ 217,5 milhões em investimentos previstos, com expectativa de se gerar cerca de 300 novos empregos diretos. Destaque para a ampliação e modernização da fábrica da Heineken para produção de refrigerantes, chope, cervejas, água mineral e sucos, com inversões de cerca de R$ 140 milhões e 40 empregos diretos. A Ambev, no período de 2014 a 2018, ampliou também sua planta fabril e investiu aproximadamente R$ 300 milhões.
 
 
Outra potencialidade do segmento é a produção de vinhos e espumantes, da empresa Miolo Wine Group, em Juazeiro. No ano passado, a companhia, que possui hoje 85 rótulos, iniciou seu processo para implantação de uma nova fábrica, para produção de suco de uva integral, com investimentos de R$ 20 milhões e geração de 100 empregos diretos, no município de Barra.
 
 
“A região do Vale do São Francisco é importante para nós. Ela permitiu que nós ganhássemos prestígio e mercado, tanto é assim que estamos desenvolvendo este novo projeto. A região é próspera para esta elaboração, onde se tem duas colheitas de uvas por ano e a possibilidade de se fazer sucos o ano inteiro. Para se produzir sucos naturais e integrais, sem conservantes, seguramente é a melhor região do Brasil", destaca Adriano Miolo, superintendente do grupo.
 
 
Outras marcas investem há mais tempo no estado, é o caso do grupo peruano São Miguel, multinacional de refrigerantes, água mineral, suco e isotônicos que escolheu o município de Alagoinhas para instalar a sua primeira fábrica no Brasil. O Estado também é forte no mercado da cachaça, bebida identificada como culturalmente brasileira. A cachaça Abaíra, produzida pela Associação dos Produtores de Aguardente da Microrregião de Abaíra, é destaque no cenário nacional e internacional.

Fonte: Ascom/SDE

SISTEMA SDE

Semanário SDE

Cadastre-se para receber novidades:
revista-capa-12112.jpg

Informe Executivo - Solar - Maio

revista-capa-12098.jpg

Sumário Mineral - Abril 2019

revista-capa-12068.jpg

Informe Executivo - Eólica - Abril

revista-capa-12049.jpg

Cadastro do Produtor Mineral 2018

revista-capa-12051.jpg

Sumário Mineral - Março 2019

revista-capa-12012.jpg

Informe Executivo - Eólica - Março

revista-capa-12020.jpg

Sumário Mineral- fevereiro 2019

revista-capa-11984.jpg

Sumário Mineral - Janeiro 2019

revista-capa-11932.jpg

Sumário Mineral- dezembro 2018

revista-capa-11926.jpg

Sumário Mineral- novembro 2018

revista-capa-11797.jpg

Sumário Mineral - Setembro 2018

revista-capa-11758.jpg

Sumário Mineral - Maio 2018

revista-capa-11669.jpg

Sumário Mineral - Abril 2018

revista-capa-11280.jpg

Revista Bahia Oportunidades - n°15

revista-capa-11113.jpg

Sinopse Mineral 2007 a 2016

revista-capa-10855.jpg

Revista Bahia Oportunidades - n°14

revista-capa-12014.jpg

Informe Executivo - Solar -Março

revista-capa-11601.jpg

Potencialidades Econômicas do Município São Sebastião do Passé

revista-capa-11627.jpg

Potencialidades do Território Sudoeste Baiano

revista-capa-11593.jpg

Apresentação do Território Extremo Sul no Seminário Territorial de Educação

revista-capa-11591.jpg

Potencialidades do Território Costa do Descobrimento

revista-capa-11602.jpg

Potencialidades do Território Irecê

revista-capa-11587.jpg

Potencialidades Territoriais e Municipais Baixo Sul

revista-capa-11612.jpg

Potencialidades do Território Sertão Produtivo

revista-capa-12070.jpg

Informe Executivo - Solar - Abril

revista-capa-12119.jpg

Informe Executivo - Eólica - Maio

revista-capa-11808.jpg

Plano de Classificação de Documentos

revista-capa-11589.jpg

Potencialidades do Território Baixo Sul

revista-capa-11585.jpg

Potencialidades Territoriais e Municipais Bacia do Jacuípe

revista-capa-11595.jpg

Potencialidades do Territírio Extremo Sul

revista-capa-11631.jpg

Potencialidades do Território Velho Chico

revista-capa-11629.jpg

Potencialidades do Território Vale do Jiquiriça

revista-capa-11623.jpg

Apresentação das Potencialidades do Território de Identidade Sisal

revista-capa-11839.jpg

Desempenho da Mineração 2017

revista-capa-11511.jpg

Sumário Mineral - Janeiro 2018

revista-capa-11789.jpg

Sumário Mineral - Julho 2018

revista-capa-11608.jpg

Potencialidades do Território Portal do Sertão

revista-capa-11604.jpg

Potencialidades Econômicas do Município São Miguel das Matas

revista-capa-11610.jpg

Potencialidades do Território Recôncavo

revista-capa-11795.jpg

Sumário Mineral - Agosto 2018

revista-capa-11783.jpg

Sumário Mineral - Junho 2018

revista-capa-11597.jpg

Potencialidades do Território Litoral Sul

revista-capa-10756.jpg

Mapeamento do Perfil de Ocupação Profissional

revista-capa-11599.jpg

Potencialidades do Território Metropolitano do Salvador

revista-capa-11606.jpg

Apresentação do Território Portal do Sertão

revista-capa-11625.jpg

Potencialidades do Território Sisal

revista-capa-11614.jpg

Sumário Mineral - Março 2018

revista-capa-11880.jpg

Sumário Mineral - Outubro - 2018

revista-capa-11693.jpg

Captação de Recursos

revista-capa-11529.jpg

Sumário Mineral - Fevereiro 2018

SDE - Secretaria de Desenvolvimento Econômico
4ª Avenida, nº 415, CAB. - CEP 41.745-002 - Salvador - Bahia
Tel: (71)3115-7890 | (71)3115-7937
E-mail: ascom@sde.ba.gov.br
localização

Horário de funcionamento:
De segunda à sexta-feira das 08:30 às 12:00 e 13:30 às 18:00h.

Todo o conteúdo deste portal pode ser utilizado livremente,
desde que a fonte seja citada.

webmail Intranet